Debutante - Origem e tradição que continua nos dias atuais

É comum sermos convidados para festas de debutantes, uma festa marcada de costumes que atravessaram décadas para comemorar os 15 anos de uma adolescente. Mas já se perguntou de onde vieram esses costumes, e principalmente, essa comemoração?

Em diversas histórias já contadas, a festa de debutante é um rito de passagem que, quando uma jovem atingia seus quinze anos seria oficialmente adulta, podendo assim, encontrar um pretendente. Era frequentemente realizada pelas famílias nobres que buscavam pretendentes de famílias ricas para a adolescente.

No momento em que a jovem trocava de vestido para um mais sofisticado, com acompanhamento da valsa, simbolizava a passagem da vida infantil para a adulta e quando colocava o anel de debutante, estava sacramentado o fato de uma nova era em sua vida.

Após décadas de luta das mulheres, felizmente conquistam seu espaço, e o direito de decidirem o que querem, assim alterando o foco da comemoração. Mesmo com a mudança, o evento ainda é sucesso absoluto nos dias atuais. Segundo dados do IBGE, em 2018 56% das adolescentes que completaram 15 anos comemoraram com uma festa de debutante.


Algumas das tradições que continuaram transpassando gerações e ainda existem hoje são:

1. A troca do sapato

Aquele momento que lembra as histórias de contos de fada, com certeza é a hora de trocar o sapato. Antes da valsa a debutante traja um salto pequeno ou tênis, e no momento da valsa, seus pais trocam por um salto, no qual representa uma mudança de vida que trará mais responsabilidades. E claro, que agora ela é mulher e pode usar salto alto, o que na infância tinha dificuldade.


2. Entrada de quinze casais

A temática de quinze casais entrando juntamente a debutante é uma que vemos muito nas festas de 15 anos, mas qual sua funcionalidade? Simplesmente para que relembre um baile de gala. Por mais que a festa de debutante tenha sofrido alterações com o tempo, na época que ganhou popularidade entre os nobres europeus, a hora da valsa acompanhavam várias duplas, assim relembrando os saudosos bailes de gala.


3. A troca de vestido para a valsa

A troca de vestido, assim como a passagem da boneca e o sapato é todo um conjunto para simbolizar a deixa da infância. E com isso, o momento que uma adolescente espera e anseia que é a hora da valsa, no qual será o momento que a vida adulta em si começará para ela. Um momento eternizado na mente de todos por trazer consigo encanto e muita emoção.


4. A dança da valsa

A valsa foi uma das tradições mantidas da época em que os bailes eram realizados antigamente na Europa, sendo muito famosa até hoje. O ritmo que encanta e emociona gerações, hoje ainda permanece como momento especial nas festas de 15 anos. Geralmente, a dança acontece com o pai da debutante e, em seguida, ele a presenteia com uma jóia, por exemplo.

Apesar de esses detalhes terem sido mantidos, hoje consideramos o momento da valsa a abertura da pista de dança, que é extremamente excitante! A debutante também pode preparar uma dança a parte, tanto com as amigas quanto sozinha.


Solicite um orçamento
No Espaço Wood todas as demandas serão pensadas por uma equipe bem treinada e disposta a servi-lo com o mais alto grau de profissionalismo.